Rafael Henrique da Silva Correia Pythonista, Linuxista, Gamer, Programador e bebedor de Cerveja
Published

dezembro 22, 2016

←Home

Problemas com sequences no PostgreSQL usando Django

Tive um problema bem estranho estes dias, fui criar um novo objeto de model Django e persistí-lo no banco com o método .save() (como todos vocês devem fazer milhares de vezes por dia), porém isso não aconteceu e recebi um erro deste tipo:

IntegrityError: duplicate key value violates unique constraint "core_pessoa_pkey"
DETAIL:  Key (id)=(2) already exists.

Vamos entender por que isso aconteceu.

Qual a causa para isso ter acontecido?

Você sempre se faz essa pergunta quando se depara com uma situação bizarra? Bem, eu também. A uns dias atrás precisei rodar um script no Django que inseria vários objetos no banco de dados, porém como esta operação já havia sido testada e retestada em outra máquina os objetos já tinham uma pk associada, então imagine um model do Django hipotético com esta estrutura:

class Pessoa(models.Model):
    nome = models.CharField(max_length=50)
    idade = models.IntegerField()

E para persistir um novo objeto no banco você faz:

>>> from django-test.core.models import Pessoa
>>> p = Pessoa(id=1, nome="Rafael", idade=28)
>>> p.save()

Desta maneira iríamos persistir esta pessoa na nossa base de dados PostgreSQL tranquilamente. Porém!!! Porém!!! Porém!!! Isso tem um problema. Quando criamos um objeto novo já com uma pk (o id do nosso exemplo) associada e persistimos este objeto a sequence dele NÃO É INCREMENTADA! Ou seja, quando você for persistir um outro objeto sem passar a pk o Django te mandará esta exception abaixo bem no meio da sua cara:

IntegrityError: duplicate key value violates unique constraint "core_pessoa_pkey"
DETAIL:  Key (id)=(1) already exists.

Como consigo ver este efeito acontecer? Simples, basta tentar persistir uma pessoa sem passar a pk:

>>> from pessoa.models import Pessoa
>>> p1 = Pessoa(id=2, nome="Rafael", idade=28)
>>> p1.save()
>>> p2 = Pessoa(nome="Rafael", idade=28)
>>> p2.save()
django.db.utils.IntegrityError: duplicate key value violates unique constraint "core_pessoa_pkey"
DETAIL:  Key (id)=(1) already exists.

Este efeito foi observado no PostgreSQL e não sei se aconteceria usando MySQL ou outros SGBDs por exemplo... é questão de experimentar e ver o efeito.

Como eu resolvo isso?

Você conseguirá resolver este problema setando um valor NA MÃO para a sua sequence que não foi incrementada. No PostgreSQL até que foi simples, primeiro fiz uma query para descobrir quais eram TODAS as minhas sequences:

SELECT c.relname FROM pg_class c WHERE c.relkind = 'S';

      relname
-----------------------------------
 django_migrations_id_seq
 django_content_type_id_seq
 auth_permission_id_seq
 auth_group_id_seq
 auth_group_permissions_id_seq
 auth_user_id_seq
 auth_user_groups_id_seq
 auth_user_user_permissions_id_seq
 django_admin_log_id_seq
 core_pessoa_id_seq
(10 registros)

Neste caso a sequence que queremos é a do id que está na app chamada core e no model Pessoa, que se chama core_pessoa_id_seq no meu exemplo. Vamos dar uma olhada como esta sequence está no momento:

SELECT * FROM core_pessoa_id_seq;

   sequence_name    | last_value | start_value | increment_by |      max_value      | min_value | cache_value | log_cnt | is_cycled | is_called
--------------------+------------+-------------+--------------+---------------------+-----------+-------------+---------+-----------+-----------
 core_pessoa_id_seq |          1 |           1 |            1 | 9223372036854775807 |         1 |           1 |      32 | f         | t
(1 registro)

Perceba que nossa sequence possui o valor last_value igual a 1, o que não é verdade pois já temos 2 objetos na nossa tabela pessoa, como podemos ver na query abaixo:

SELECT * FROM core_pessoa;

 id |  nome  | idade
----+--------+-------
  1 | Rafael |    28
  2 | Rafael |    28
(2 registros)

Para verificar isso mais facilmente (em caso de muitos registros) também podemos usar um count nesta query:

SELECT count(*) FROM core_pessoa;

 count
-------
     2
(1 registro)

Agora o próximo passo é setar o last_value de maneira correta, para isso vamos executar o comando abaixo:

SELECT setval('core_pessoa_id_seq', 2);

 setval
--------
      2
(1 registro)

Depois podemos consultar o valor da nossa sequence de novo:

SELECT * FROM core_pessoa_id_seq;

   sequence_name    | last_value | start_value | increment_by |      max_value      | min_value | cache_value | log_cnt | is_cycled | is_called
--------------------+------------+-------------+--------------+---------------------+-----------+-------------+---------+-----------+-----------
 core_pessoa_id_seq |          2 |           1 |            1 | 9223372036854775807 |         1 |           1 |       0 | f         | t
(1 registro)

Podemos ver que foi alterado de fato! Agora vamos tentar inserir um objeto sem id novamente:

>>> from pessoa.models import Pessoa
>>> p = Pessoa(nome="Rafael", idade=28)
>>> p.save()

E tudo funcionou normalmente de novo como deveria ser!! Dúvidas/sugestões e críticas?? Use essa caixinha mágica ai em baixo :)

Go Top
comments powered by Disqus